Olá, bem-vindo à Aquarela

Desenvolvemos pessoas e empregamos métodos/ferramentas próprias para acelerar a descoberta de insights e ampliar a performance de organizações de médio e grande porte.

Capacitação

Com nossa metodologia DCIM (Data Culture Introduction Methodology) introduzimos os métodos e ferramentas necessárias para implantação prática da cultura de dados que envolve desde a gestão até o público técnico. Nas aulas são apresentados casos reais e a dinâmica de ensino se assemelha mais a um hackathon do que uma sala de aula tradicional, com excelentes feedbacks.

Consultoria

Em nossas sessões usamos a metodologia DCIM, que aplica técnicas próprias e também adaptadas do Design Thinking, do Growth Hacking e do Lean na obtenção e validação rápida de resultados dos projetos de Big Data Analytics. Ao final do projeto é entregue um Canvas com uma proposta de valor clara para mudança organizacional, assim reduzindo drasticamente o risco do projeto de Big Data.

VORTX Big Data

O Aquarela VORTX é uma Plataforma de Data Analytics para Big Data especializada na descoberta de insights, predição e prescrição a partir dos dados. Destaca-se por ser uma ferramenta amigável e de fácil operação, com desempenho 27% superior aos concorrentes.

Capacitação

O Data Analytics e a Inteligência Artificial (Machine Learning - ML) têm sido os temas mais abordados na área de gestão no mundo, sendo diferencial em áreas diversas desde gestão hospitalar até geopolítica. O grande desafio, porém, é a sua complexidade dea operação atrelada a baixa maturidade da cultura de dados das organizações e a dificuldade de tangibilização de resultados. 
Para ajudar esses profissionais a Aquarela compilou 8 anos de melhores práticas em uma metodologia chamada DCIM(Data Culture Introduction Methodology), que explica como criar indicadores diretos ou com o uso de Inteligência Artificial para lidar com excesso de variáveis, e assim obter um melhor desempenho organizacional.

A DCIM é uma metodologia orientada a resultados, ao final do projeto, todos os indicadores e análises culminam em um canvas que deve apresentar uma proposta de valor clara, direta e alinhada com os objetivos da companhia.

Conheça nossos cursos de capacitação e introdução a cultura de Data Analytics com IA.

Introdução a cultura de Data Analytics com IA - Segunda Edição
Introdução a cultura de Data Analytics com IA - Terceira Edição

Além do programa de capacitação, ajudamos nossos clientes a introduzir a cultura de dados com nossos programas de consultoria.

Em nossas sessões usamos a metodologia DCIM que recomenda técnicas adaptadas do Design Thinking, dos Hackathons, do Growth Hacking e do Lean entre outras na obtenção rápida de resultados dos projetos de Big Data Analytics.

Ao final do projeto, além das análises e indicadores é sempre entregue um Canvas com uma proposta de valor clara para mudança organizacional.

 

 

O Aquarela VORTX é uma Plataforma de Data Analytics para Big Data que usa uma abordagem disruptiva de Inteligência Artificial totalmente escrita do zero em 8 anos de P&D que entrega resultados superiores e uma interface extremamente simples de usar.

As ferramentas de Analytics são comumente conhecidas pela sua complexidade de operação. São como cockpits de aviões, muitos botões e comandos que precisam ser configurados para a obtenção de resultados confiáveis.

Em contrapartida, o Aquarela VORTX com sua abordagem inovadora de IA, dispensa qualquer configuração. Basta informar qual seu interesse e ele automaticamente trata os dados e cria seu modelo de análise com um mapa claro de resultados.

CONHEÇA E TESTE O VORTX AGORA

Veja quem já otimizou suas operações utilizando nossas soluções

Desenvolver relacionamentos duradouros com seus clientes é um dos maiores objetivos da Aquarela. Veja abaixo alguns exemplos de organizações que acreditam nesta ideia.

“Com uso do VORTX, nós reduzimos o CHURN em 20% e também nosso custo de aquisição de usuários (CPA) foi reduzido em 5% melhorando a receita mensal em R$150.000,00.”

Glauber Oliveira Cientista de Dados – Esapiens – São Paulo

“Faltas em agendamentos médicos custam R$ 10 milhões aos cofres públicos. A Aquarela nos ajudou a descobrir as característica chave dos pacientes de maneira que podemos melhorar o nosso processo de comunicação. Nossa estimativa é de reduzir em 50% as faltas em agendamentos.”

Paulo Fernandes Coordenador de Saúde – Prefeitura de Vitória, Espírito Santo

Blog

Saindo do limitado Excel para R ou melhor Python?

Olá pessoal, A comparação entre as plataformas R e Python começou há um tempo quando resolvi experimentar um sistema para edição e processamento de scripts chamado Jupyter Notebook, o qual é desenvolvido em Python. Até então sempre usei R. Aparentemente seria um processo tranquilo instalar um aplicativo, aí que a cobra pegou-me pela perna. Como[…]

Redução de faltas em agendamentos médicos com inteligência computacional – Caso de Vitória-ES

Olá pessoal, Vocês têm alguma ideia de quanto dinheiro público é gasto com as faltas em agendamentos médicos? Sabe quando a pessoa marca uma consulta e no dia ela não aparece? Confesso (Joni) que até alguns meses atrás eu não fazia ideia nem do percentual de faltas e nem de quanto isso representava em dinheiro.[…]

O que move as pessoas? Um ponto de vista computacional…

Olá turma, Em nossa última publicação – Otimizando a gestao de pessoas com advanced analytics – apresentamos uma visão macro de como é possível identificar padrões robustos do comportamento de colaboradores de forma automática utilizando Inteligência Artificial (IA). Como prometido, vamos agora aprofundar a análise aplicando a mesma estratégia de decodificação dos dados isolando os indivíduos[…]